Noivo de George Michael perdoa infidelidade do músico

O noivo do cantor George Michael, o estilista Kenny Goss, afirmou ter perdoado seu parceiro, que neste fim de semana foi fotografado pela imprensa local em um parque de Londres após um encontro sexual com um homem desconhecido de 58 anos.Goss disse que continuará com Michael, de 43 anos, apesar do escândalo provocado pelas imagens publicadas no domingo na primeira página do tablóide inglês Sunday Mirror. O estilista, que pretende se casar este ano com Michael em uma cerimônia civil, declarou em sua residência no norte de Londres que o escândalo já ficou para trás. "Isso é tudo o que vamos dizer a respeito. Seguiremos em frente com as nossas vidas", afirmou Goss. George Michael foi fotografado na madrugada de sábado após ter tido um encontro sexual em uma área bastante arborizada do parque de Hampstead Heath, com o inglês Norman Kirtland. Kirtland disse que ambos se beijaram e "brincaram" juntos. Não é a primeira vez que o astro pop é flagrado cometendo um ato indecente em lugar público. Em abril de 1998, Michael foi preso por conduta imoral ao ser visto praticando sexo com outro homem em um banheiro do parque Wild Rogers, no elegante bairro de Beverly Hills. O cantor foi liberado após pagar uma fiança de US$ 500.Matéria alterada às 15 horas, para acréscimo de informações

Agencia Estado,

24 de julho de 2006 | 13h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.