Noite de festa para a música instrumental brasileira

A música instrumental brasileira faz a festa hoje no Sesc Pompéia, com o lançamento simultâneo de três belos álbuns: Caderno de Composição, do pianista e compositor mineiro Mozar Terra, Piano à Brasileira, da também pianista e compositora Silvia Goes, e No Tom da História, homenagem a Tom Jobim do contrabaixista francês Tibô Delor, há três anos radicado no Brasil.O lançamento é resultado de uma parceria entre o selo e editora Maritaca, da flautista Léa Freire, e a gravadora Núcleo Contemporâneo, do pianista Benjamim Taubkin e do saxofonista Teco Cardoso, que cuidará da distribuição.No palco, marca a noite de lançamento um show em cinco blocos. A abertura ficará a cargo do grupo singelamente batizado Quinteto, que reúne os donos do selo e da gravadora e também Sylvio Mazuca Jr., no contrabaixo, e AC Dal Farra, na bateria.Na seqüência, três blocos dedicados às obras lançadas. Mozar Terra sobe ao palco primeiro, mostrando faixas de seu Caderno de Composição, um passeio pelo choro, bossa nova, valsa e até gafieira. Tibô Delor apresenta na seqüência seu tributo a Tom Jobim, aproximando temas do compositor carioca ao universo erudito de Stravisnky, Debussy, Chopin e Villa-Lobos. Silvia Goes executa em seguida faixas de Piano à Brasileira, que reúne dez inéditas e uma única releitura, que abre o disco: Tico-Tico no Fubá, de Zequinha de Abreu. Todos os artistas voltam ao palco no último bloco para encerrar a noite com uma jam.Teatro do Sesc Pompéia - Rua Clélia, 93, tel.: 3871-7700. Hoje, às 21 horas. R$ 10.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.