No centrão, os agitos de uma SP oculta

Rua Augusta, 1.044, primeiro andar do edifício Elídia. Do quarto se ouvem roqueiros fãs de Stooges e New York Dolls em reunião na porta do Funhouse. Alguns passos Frei Caneca abaixo e criaturas indies, punks ou tecno-boys estão em fila para entrar no "subterrânico" Juke Joint. Mais acima, mesma rua, o dia da semana também faz a regra. São "peruas", clubbers, cybermanos ou cabeludos, dependendo do dia, que pagam suas entradas para A Lôca.Cravado no meio de clubes malditos que fogem à regra da noite bem-comportada de outros bairros - entre saunas e boates undeground -, o endereço de Alex Antunes, ou DJ Lex Lilith, não poderia traduzir melhor o que ele é. Homem que conhece como poucos os caminhos da São Paulo proibida - produtor, músico, jornalista e escritor -, ele tem adoração por endereços onde é o improvável o que está sempre na programação.A reportagem do JT encontrou com Alex Antunes no Teatro N.Ex.T às 22 h de uma quinta-feira. Era o começo de um roteiro divertido e nada comum que teria fim às 5 h de sexta-feira na boate Susi in Transe. Entre os espaços mais inusitados estava o Xingu, casa que abrigava o Ferro´s Bar, conhecido ponto do centro freqüentado por lésbicas. O percurso foi feito na região central. Confira a programação deste fim de semana.O N.Ex.T é um dos que mais traduz a miscelânea criativa que teve seu forte na década de 80. A noite de hoje começa às 22h, com a peça O Falecido, e fecha com a atriz performática Grace Gianoukas e os seus convidados da Sexta Insana.Há um pré-requisito para continuar a trilha: preconceitos devem ser deixados em casa. No Juke Joint, que terá hoje rock e experimentalismo com as bandas Vaca de Pelúcia e b.b.b., a atração era um grupo de "eletro-punk" chamado Cassino Club. No Susi in Transe, inferninho andrógino de ambiente esfumaçado e libertário, quem faz a festa dub (versão mais "viajante" e desacelerada do reggae) são MC Zulu e Yellow P. E o próprio guia, Alex Antunes, comparece ao Uranus vestido de DJ Lex Lilith, hoje, sem hora para voltar ao edifício Elídia.

Agencia Estado,

16 de agosto de 2002 | 12h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.