Nicolau de Figueiredo faz recital e lança novo disco

O cravista Nicolau de Figueiredo pertence àquele grupo de artistas brasileiros mais conhecidos lá fora do que no País. Em 1980, trocou São Paulo por Genebra, onde foi estudar com Christianne Jaccottet. Hoje, é um dos maiores nomes de seu instrumento em todo o mundo, além de respeitado professor, titular do Conservatório de Paris. Passa de vez em quando pelo Brasil para fazer recitais como o de hoje no Teatro São Bento, quando vai apresentar uma seleção de peças de Carlos Seixas e Padre Antonio Soler e de sonatas de Domenico Scarlatti, a quem dedicou disco que acaba de ser lançado no Brasil pelo selo Clássicos (R$ 35).Durante dez anos, a partir de 1990, Figueiredo, além de dirigir a classe da Ópera da Schola Cantorum Basilienses, na Suíça, ofereceu cursos de interpretação em eventos prestigiados como o Festival d?Aix-en-Provence ou a Ópera Bastilha, em Paris. No registro de "As Bodas de Figaro", de Mozart, feito por René Jacobes e lançado pela Harmonia Mundi, é ele que acompanha, do fortepiano, os recitativos. Jacobs, grande especialista na obra do compositor, diz que está nos recitativos a função de ?confrontar o público com as infinitas possibilidades da invenção mozarteana?, ressaltando o tempo do teatro, fundamental em suas óperas cômicas. Figueiredo, diz Jacobs, em cada apresentação aparecia com uma idéia diferente. ?E isso fazia a orquestra e os cantores ficar sempre alertas. Uma interpretação viva.?A mesma sensação você tem ao ouvir as sonatas de Scarlatti no disco agora lançado, o quarto do selo Clássicos, que vem fazendo importante trabalho ao editar no Brasil discos que artistas brasileiros lançam na Europa. Figueiredo interpreta aqui 13 das sonatas do compositor, que revelam um universo bastante variado de temas. E mostra porque a obra de Scarlatti é fundamental na história da escrita para o instrumento. Nicolau de Figueiredo. Teatro São Bento (300 lugares). Largo de São Bento, s/n.º, Centro, telefone 3328-8793. Hoje, às 21 horas. R$ 20

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.