"New Musical Express" chega em forma aos 50 anos

Uma das mais importantes publicaçõesmusicais do mundo completa 50 anos de vida provando que ainda éinfluente. O semanário inglês New Musical Express (a href=http://www.nme.co.uk>www.nme.co.uk) celebrouontem cinco décadas de atividades com o NME Carling Music Awards, que consagrou o The Strokes como a banda do momento naInglaterra. O jornal, responsável pelo impulso inicial demovimentos como o rock alternativo dos anos 80 e o brit pop dos90, não tem mais a mesma vendagem de seu auge, nos anos 60, masainda mantém sua importância por farejar novas ondas, como a quetem o grupo nova-iorquino como líder.Lançado em 1952 como o Musical Express, o jornal chegou ater uma tiragem de 230 mil exemplares semanalmente, graças aentrevistas desconstraídas e furos de reportagem de nomes comoos Beatles e os Rolling Stones, em uma era em que artistas erammenos protegidos pelos departamento de marketing das gravadoras.Os dois grupos e nomes como Roy Orbinson, The Faces e The Whoapresentaram-se nas cerimônias de premiação dos melhores do anoda publicação. O jornal também deu emprego para nomes comoChryssie Hynde, do Pretenders, e Bob Geldof, em suas fasespré-fama.Ao longo das décadas, muitos altos e baixos marcaram atrajetória do NME. Nos anos 70, por exemplo, esteve perto defechar, por não saber como lidar com a onda da psicodelia e dorock progressivo. No início dos anos 80, uma nova crise, geradapelo aparecimento do hip hop, antecedeu uma das fases maisimportantes, a que consagrou bandas como Smiths e Siouxie andthe Banshees.Durante boa parte dos 90, o NME se manteve à frente dosconcorrentes ao antecipar a onda do britpop, sendo o primeiroveículo do mundo a colocar o Oasis em uma reportagem de capa.Enquanto concorrentes como Melody Maker, Sounds eRecord Mirror acabaram fechando suas portas nos últimos anos o jornal conseguiu garantir sua posição como formador deopinião na Inglaterra e outros países da Europa.Atualmente, a revista Kerrang! tem uma vendagem maior do queo "NME", que sofre também a concorrência de publicações on-linee de canais de música como a MTV, ficando com uma tiragem de 70mil cópias semanais. Mas a versão do jornal na Internet e umasérie de livros que vai reunir entrevistas e reportagenshistóricas, batizada de NME Originals, deve garantir maiscurvas na trajetória da publicação.Na premiação da noite de ontem, o Strokes ficou com asestatuetas de melhor banda, disco e artista novo, enquanto KylieMonigue continuou sua escalada para o topo levando a de melhorartista pop. O vídeo de Pyramid Song, do Radiohead, ficoucom o prêmio de melhor clipe e o U2 foi considerado o melhorgrupo ao vivo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.