Napster perde nova batalha na Justiça

O Napster perdeu ontem mais uma disputa na justiça americana. Um juiz federal ordenou que o site de troca de arquivos digitais de música fique fora do ar até que consiga provar que seu sistema de filtragem de arquivos com direitos autorais protegidos funciona plenamente. O Napster, que saiu novamente do ar no início do mês, alega que seu filtro pode funcionar em 99% dos casos e promete recorrer da decisão. Para analistas, os atropelos do Napster na Justiça podem prejudicá-lo definitivamente, uma vez que o mesmo serviço já é oferecido por outras páginas da rede que ainda não sofrem pressão das grandes gravadoras.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.