Napster gera polêmica nas escolas americanas

O uso do Napster começa a ser banido em mais universidades americanas. Enquanto escolas como a Columbia e Harvard continuam autorizando seus alunos a utilizarem o web site de troca de arquivos musicais, a New York Univeristy e a Kent State, entre outras, começam a proibição. Há pesquisas que mostram que, em algumas universidades, cerca de 75% da capacidade das vias de acesso à internet ficam constantemente ocupadas com troca de arquivos de música. Três escolas na Califórnia estão sendo processadas pelos representantes do Metallica por conta do uso do Napster.

Agencia Estado,

01 de setembro de 2000 | 16h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.