Reuters
Reuters

'Não conheço quem queira ver o retorno dos Smiths', diz Morrissey

Morrissey parece não ter muito interesse em ver a sua ex-banda na atividade outra vez. Em entrevista à revista Billboard, o músico foi questionado sobre uma possível volta da banda e disse “que não conheço quem queira ver o retorno dos Smiths”.

Luciano Borborema, Território Eldorado

28 de fevereiro de 2014 | 17h04

“A nossa memória das bandas é de como elas eram no começo, no melhor ou no mais desesperado momento de suas carreiras. Você tem a expectativa de que elas sejam algo que já não são mais", explica o músico.

Morrissey falou também sobre o período que passou no hospital no ano passado. Na época, sofreu com uma dupla pneumonia e com úlcera hemorrágica. "Foi um ano ruim. Eu estive em hospitais com tanta frequência que os médicos estavam cansados de mim. Não há nada que envelheça mais do que uma cama de hospital."

O músico falou ainda sobre a declaração que fez comparando comer carne à pedofilia. "Quando você come um animal, você o submete a um estupro espiritual e físico. Você come seu peito, corta seus órgãos genitais. Comer animais é a violência em seu extremo", encerrou Morrissey.

Tudo o que sabemos sobre:
Morrissey

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.