AP Photo
AP Photo

'Nada nos impedirá de voltar', diz Bono depois dos atentandos em Paris

Vocalista da banda U2 fala do concerto que vai fazer na capital francesa nos dias 6 e 7 de dezembro

AP

01 de dezembro de 2015 | 13h13

Apesar dos atentados ocorridos no mês passado em Paris, Bono acredita que a cidade permanecerá firme e confia que o concerto que a banda U2 oferecerá neste domingo, 6, vai comover o público.

O U2 havia previsto atuar na capital francesa em 14 de novembro e no dia anterior estava em pleno ensaio quando mais de 100 pessoas foram assassinadas na cidade. "Conhecendo o nosso público francês, diria que a alegria é um ato de desafio", afirmou o astro do rock sobre os shows que sua banda vai apresentar nos dias 6 e 7 de dezembro na Arena de Paris.

Bono elogiou os colegas do grupo Eagles of Death Metal, que atuavam na sala Bataclan quando o local foi tomado por atiradores na noite do atentado. "Estamos muito comovidos pelo o que passaram nossos colegas músicos", afirmou. Sobre o público, completou. "Esta é nossa gente e são rostos muito familiares, são como minha filha, meu filho, como Edge, Larry (membros do U2), o que nos afetou muito", disse o artista. "Mas voltaremos, podem apostar. Nada nos impedirá de voltar".

O concerto do U2 no dia 7 vai ser transmitido pelo canal HBO. Dirigindo-se aos que se sentem assustados pelos atentados em Paris e têm medo de ir aos shows, Bono expressou: "Estejam atentos, mas sem medo". 

Tudo o que sabemos sobre:
MúsicaCulturaBonoU2

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.