Músicos russos gravam 'Álbum Branco' contra Putin

Inspirando-se nos Beatles, músicos russos gravaram o seu próprio "Álbum Branco" para manifestar solidariedade aos opositores do presidente Vladimir Putin, que há 12 anos domina a política do país.

NASTASSIA ASTRASHEUSKAYA E KATE DE PURY, Reuters

06 de julho de 2012 | 19h13

Quatro décadas depois de os Beatles lançarem o disco que ficou conhecido como "Álbum Branco", com faixas como "Back in the USSR" e "While My Guitar Gently Weeps", 200 cantores e grupos de toda a Rússia lançaram pela Internet uma coleção de mais de 350 faixas sob o mesmo título, em gêneros tão díspares quanto rap, jazz, clássico e rock.

O nome alude também às fitas brancas usadas por manifestantes nos seus protestos contra Putin nos últimos sete meses, e é mais uma forma criativa de burlar as restrições a manifestações nas ruas.

"A ideia desse álbum é que todo músico que apoia o movimento de oposição e as resoluções feitas nos comícios ... oferecesse uma música gratuitamente para este 'Álbum Branco'", disse à Reuters o produtor Vasily Shumov.

Tudo o que sabemos sobre:
MUSICAPUTINPROTESTOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.