Músicos brasileiros são premiados na 15ª edição do Grammy Latino

Trio Corrente é 'bicampeão' com o álbum 'Song for Maura'

Julio Maria, O Estado de S.Paulo

20 de novembro de 2014 | 23h00

Se há um representante brasileiro realmente vencedor na 15ª edição do Grammy Latino, realizado na noite desta quinta-feira, ele é o instrumental Trio Corrente. Foram muitos os nomes conhecidos, agraciados em categorias previsíveis, muitas das quais voltadas exclusivamente para a música brasileira, mas poucas com o peso de 'melhor álbum de jazz' e que teria um gosto de bicampeonato.

O Trio, formado pelo baterista Edu Ribeiro, pelo pianista Fabio Torres e pelo baixista Paulo Paulelli, concorriam pela gravação de 'Song for Maura', do saxofonista cubano Paquito D'Rivera. Em janeiro, eles já haviam conseguido o primeiro lugar do Grammy mundial na categoria Jazz Latino. Agora, empataram em primeiro com o tecladista Chick Corea, que concorria com o álbum The Vigil.

"Somos bicampeões", comemorou o empresário do grupo, Jacques Figueras. Outros vencedores brasileiros desta edição foram Caetano Veloso (melhor canção brasileira por A Bossa Nova É Foda), Ivete Sangalo (melhor álbum de pop por Multishow Ao Vivo), Maria Rita (melhor disco de samba e pagode, por Coração a Batucar), Marisa Monte (melhor álbum de música popular brasileira por Verdade, uma Ilusão) e Erasmo Carlos (melhor álbum de rock, por Gigante Gentil).

Veja lista dos principais vencedores desta 15ª edição do prêmio:

Álbum do Ano: Canción Andaluza, Paco de Lucía

Gravação do Ano: Universos Paralelos, Jorge Drexler e Ana Tijoux

Canção do Ano: Bailando, Enrique Iglesias e Descemer Bueno & Gente De Zona

Artista Revelação: Mariana Vega (Venezuela)

Melhor Canção Urbana: Bailando, Enrique Iglesias com Descemer Bueno e Gente de Zona

Melhor Álbum de Rock: Agua Maldita, Molotov

Melhor Álbum de Música Urbana: Multiviral, Calle 13

Melhor Álbum de Salsa: 3.0, Marc Anthony

Melhor Álbum de Tango: Tangos, Rubén Blades

Melhor Álbum Compositor: Bailar En La Cueva, Jorge Drexler

Melhor Álbum Tropical Contemporâneo: Más + Corazón Profundo, Carlos Vives

Melhor Canção Brasileira: A Bossa Nova É Foda, Caetano Veloso

Melhor Álbum de Música Mexicana: Amor Amor, Conjunto Primavera

Caetano Veloso - A Bossa Nova É Foda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.