Divulgação
Divulgação

Músico da banda 'Men At Work' é encontrado morto na Austrália

Greg Ham tinha 58 anos e tocava flauta, saxofone e teclado

EFE,

19 de abril de 2012 | 06h20

Sydney, 19 - O músico Greg Ham, da banda de rock australiana Men At Work, foi encontrado morto nesta quinta-feira por um grupo de amigos em uma casa no subúrbio de Melbourne.

Segundo o sargento da polícia australiana Shane O'Connell, a causa da morte está sendo investigada e que, por enquanto, há alguns "aspectos inexplicáveis".

"Neste momento não estamos preparados para entrar em detalhes precisos sobre o que aconteceu", acrescentou O'Neill, segundo a rede de televisão "ABC".

Ham, que tinha 58 anos, se juntou à banda em 1979, em substituição a Greg Sneddon, e tocava flauta, saxofone e teclado.

O grupo alcançou reconhecimento nacional em 1981, com a canção "Who Can It Be Now?", e ganhou fama internacional no ano seguinte, com o álbum "Business as Usual", que liderou as paradas de Austrália, Estados Unidos e Reino Unido.

Tudo o que sabemos sobre:
música, austrália, men at work

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.