Musical "O Fantasma da Ópera" estréia em SP

A versão nacional de O Fantasma da Ópera que estréia nesta quinta no Teatro Abril, em São Paulo, segue com fidelidade e competência o musical original criado em 1986 por Andrew Lloyd Webber e ainda em cartaz nas principais cidades do mundo. Portanto, pode esquecer a versão melosa e sensual que o diretor Joel Schumacher levou recentemente para o cinema e de procurar por ingressos na Broadway ou em Londres, na próxima viagem."E, com o desenvolvimento tecnológico, os brasileiros têm a chance de assistir à mais moderna das versões do Fantasma, com um som mais apurado e uma incrível precisão na troca de cenários", comenta Arthur Masella, diretor que supervisiona a montagem brasileira. Depois de Les Misérables, A Bela e a Fera e Chicago, estréia o quarto grande musical patrocinado pela CIE Brasil, com investimento de US$ 10 milhões na produção, a maior soma em uma montagem nacional. O presidente da empresa de entretenimento de capital mexicano Fernando Altério, calcula que cerca de 600 mil pessoas vão assistir ao Fantasma, em sua temporada de 18 meses - ingressos para os primeiros 30 dias, por exemplo, já quase se esgotaram. São 17 músicos e 38 atores, cantores e bailarinos em cena. Inspirado no romance de Gaston Leroux, o musical conta a história de um desfigurado e atormentado gênio da música que assombra as dependências da Ópera de Paris, até se apaixonar pela corista Christine e decidir transformá-la em uma das maiores estrelas da ópera. Os problemas surgem quando ele encontra o namorado de infância de Christine, Raoul, por quem ela está apaixonada. No papel principal, Saulo Vasconcelos exibe sua versatilidade vocal e cênica, lapidada por uma temporada no México, onde também interpretou o Fantasma. Já Christine, que praticamente não sai de cena, provoca um revezamento entre Sara Sarres e Kiara Sasso. Nando Prado completa o elenco principal. A direção do musical é de Miguel Briamonte. O Fantasma da Ópera - Teatro Abril (1.500). Avenida Brigadeiro Luís Antônio, 411, Bela Vista, 6846-6060. 4.ª a 6.ª, 21h; sáb., 17h e 22h; dom., 16h e 20h. Duração: 2h30 (dois atos com intervalo). Recomendada para maiores de 7 anos. R$ 65 a R$ 200

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.