Divulgação
Divulgação

Musical de Elis Regina chega a São Paulo após sucesso no Rio

Mesmo com imprecisões biográficas, montagem emociona com a interpretação de Laila Garin

Julio Maria , O Estado de S. Paulo

05 de março de 2014 | 16h53

A vida da cantora Elis Regina, dramatizada no palco em forma de musical, chega a São Paulo no próximo dia 14, no Teatro Alfa. A montagem já foi vista no Rio de Janeiro por 80 mil pessoas e teve críticas das mais favoráveis desde sua estreia. A novidade no elenco é a substituição de Felipe Camargo por Tuca Andrada no papel de Ronaldo Bôscoli, segundo marido da cantora. Elis, A Musical tem roteiro de Nelson Motta e direção de Dennis Carvalho.

O primeiro foi produtor e amante de Elis nos anos 70, quando ela ainda era casada com Bôscoli. O segundo foi amigo e confidente. A previsão de temporada é até dia 13 de julho e os ingressos, que vão de R$ 40 a R$ 160, já estão à venda pelo site do Ingresso Rápido (informações pelo telefone 5693-4000).

Os episódios mais desconfortáveis da vida da cantora não são mostrados no musical. Seu envolvimento com drogas nos últimos dez meses de vida e casos extraconjugais que determinaram períodos importantes de sua carreira, incluindo o período ao lado de Motta que lhe rendeu três discos, não têm espaço na montagem. Personagens aparecem também em lugares trocados, em sequências sem fidelidade à biografia.

Na montagem, quem a leva do Rio Grande do Sul para o Rio de Janeiro em 1964 é o produtor Carlos Imperial, o que não condiz com a realidade. E quem aparece como produtor do emblemático show Dois na Bossa, no Teatro Paramount, é o empresário Marcos Lázaro, e não o produtor Walter Silva, o Pica Pau. O espetáculo tem a seu favor, no entanto, momentos comoventes e bem coreografados, além de uma atuação da atriz Laila Garin no papel de Elis que chega a incomodar tamanho a semelhança sobretudo com a fala da cantora.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.