Música eletrônica em prol do MAM

Um CD de música eletrônica européiae brasileira será lançado na quinta-feira na marquise do Parquedo Ibirapuera, ao lado do Museu de Arte Moderna de São Paulo(MAM). Com uma tiragem inicial de 4 mil cópias, Cafémamspterá parte da renda obtida com sua venda destinada às diversasatividades que o museu oferece como, por exemplo, seus cursos eexibição de filmes.O lançamento será pela MCD World Music e a composição das 12faixas do CD foi feita pelos produtores Eduardo Muszkat e EdsonNatale. O italiano Nicola Conte, os franceses Laurent Garnier,The Youngsters, Alexkid e Llorca, os alemães Dissidenten eMo´Horizons e ainda os brasileiros Suba, BPM (grupofranco-brasileiro) e Kau foram os escolhidos pelos doisprodutores que pensaram em compor Cafémamsp no conhecidoestilo lounge music, "música adequada para criar o ambiente dealgum tipo de encontro social", como define Muszkat.Segundo o produtor, metade das faixas foi produzida no Brasil ea outra, no exterior, por artistas brasileiros. A festa de lançamento, que ocorrerá às 19 horas, foi organizadapor Cacá Ribeiro e Felipe Crescenti, que pensaram emreconstituir na marquise um ambiente lounge, ou seja, com sofás,luzes e som. Das 4 mil cópias, 2 mil poderão ser compradas naprópria festa, nas unidades do Shopmam (MAM Ibirapuera,Villa-Lobos e no Shopping Paulista) e no evento Casa Cor. Aoutra metade será vendida em lojas de músicas de todo o País. NoMAM, Cafémamsp custará R$ 26,00 e nos demais lugares o preçodo CD pode variar até R$ 30,00.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.