Música cubana ganha enciclopédia virtual

Produtor Michael Lazarus anuncia a estreia do portal Timba

O Estado de S. Paulo

27 de abril de 2014 | 15h00

A música cubana ganhou sua "wikipedia". Há um certo exagero na afirmação, mas é assim que seu criador, Michael Lazarus, empresário do meio artístico e ganhador de dois Grammys, define o portal pelo qual é responsável e que acaba de estrear. Timba.com traz informações e conteúdo audiovisual sobre artistas da timba, um gênero pouco conhecido, ligado ao jazz e à música tradicional da Ilha de Fidel.

A função da iniciativa é nobre: revelar uma cena musical rica, mas muitas vezes estereotipada pelos clichês da música caribenha. Uma rápida navegação pelo Timba pode ajudar a entender melhor misturas de ritmos que só existem em Cuba. O portal irá valorizar notícias, histórias, blogs, vídeos e turnês dos artistas cubanos.

"Muitos diretores de orquestras de Cuba entram no Timba para saber de sua própria historia", diz Lazarus em entrevista à agência de notícias Efe. Fundador e presidente da produtora Latin Pulse Music Inc, Lazarus explica que o projeto se trata de uma enciclopédia virtual com foco no desenvolvimento, evolução e análise da timba.

O engenheiro de som e empresário da Pacific Mambo Orchestra, com a qual ganhou em janeiro passado o Grammy de Melhor Álbum Tropical Latino, explicou que o ritmo é "música tropical dançante que mistura ritmos afrocubanos com acordes modernos vindos sobretudo do jazz, do pop e da música urbana."

Ever Chávez, fundador e director da Fundarte, uma organização sem fins lucrativos, afirma que a importância do portal é a difusão que pode fazer do gênero, menos conhecido do que a salsa. "A timba merece, é uma música sofisticada."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.