Música Contemporânea ganha espaço no Itaú Cultural

De amanhã até domingo o programa Rumos Musicais/Perspectivas da Produção Brasileira Atual realiza no Auditório Azul do Itaú Cultural a Semana da Música Contemporânea ? ciclo de conferências que tem como tema o mercado editorial na área musical. Especialistas vão discutir, em programação voltada especialmente para profissionais da área musical, pontos como os direitos autorais, as leis de incentivo à cultura e o uso da Internet e outras novas mídias. Além dos debates, no final de semana serão realizados três concertos. Na Sexta, Música e Tecnologia, com Fernando Iazetta, Sílvio Ferraz, Carlos Stasi, Guello, Ivani Santana e Nirvana Marinho. No Sábado é a vez de Percussão e Teatro Musical, com Duo Diálogos (Joaquim de Abreu e Marcos Monteiro), Grupo de Percussão da Escola Municipal de Música, Luís Carlos Oliveira, Brenda Benjamim Ohana, João Carlos Dalgalarrondo e Paulo Passos. Fechando a programação da semana, no Domingo apresentam-se Lelo Nazário e Almeida Prado, com o show Fronteiras SonorasAmanhã, o tema de abertura da semana de discussões é Programação de orquestras. A conferência contará com a presença da diretora executiva da Sinfônica do Estado, Cláudia Toni, e do maestro Roberto Farias, da Banda Sinfônica do Estado. Na quarta, Henrique Gandelman e José Carlos Netto discutem o Direito Autoral e Eduardo Álvares, Edson Natale e Leonardo Brant, debatem a Produção e a Lei de Incentivo à Cultura.Regina Porto, Antonio Gonçalves Filho e Nelson Kunze discutem, na quinta, a Comunicação. O debate será baseado na questão: como a mídia tem acesso às informações sobre os espetáculos? Ainda no mesmo dia, a palestra Internet: Consciência de rede e ferramentas, ministrada por Regina Branski e Fernando Iazetta, debate a influência da rede na música contemporânea.Música Contemporânea: Os debates começam diariamente às 15h30. Os concertos de sexta e sábado serão realizados às 21h e no domingo às 20h; Entrada Franca; Itaú Cultural São Paulo (Av. Paulista, 149); Informações pelo telefone: 2381816

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.