Reprodução/YouTube
Reprodução/YouTube

Museu do Louvre oferece exposição com as obras que aparecem no novo clipe de Beyoncé e Jay-Z

'Apeshit' foi gravado em sigilo no local e lançado simultaneamente com o álbum 'Everything is Love' no começo de junho

AFP

03 Julho 2018 | 16h14

O Museu do Louvre de Paris, na França, oferece uma nova exposição aos visitantes: admirar as obras que aparecem no videoclipe Apeshit, de Jay-Z e Beyoncé, visto mais de 50 milhões de vezes na internet. O videoclipe foi rodado em sigilo no museu e lançado simultaneamente com o álbum Everything is Love, surpresa do casal, em meados de junho.

+++ Beyoncé e Jay-Z lançam álbum surpresa

+++ Beyoncé e Jay-Z expõem que o amor, sim, vence com o disco 'Everything is Love'

O vídeo começa com o casal diante da Mona Lisa e prossegue com uma coreografia de dançarinos diante de A Consagração de Napoleão. Entre as 17 obras que aparecem no clipe estão O Casamento em Caná, de Veronese, e A Balsa da Medusa, de Géricault. O percurso, segundo o Louvre, dura 1h30.

+++ Jay-Z e Beyoncé anunciam nova turnê conjunta

O museu não revelou o valor pago por Beyoncé e Jay-Z para gravar no local, mas o videoclipe se tornou um excelente meio de divulgação para a instituição, que deseja atrair os jovens.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.