Mundo Mix transforma roqueiros em DJs

Roqueiros e DJs nunca tiveram muito a ver. Desde que os segundos chegaram para substituir os primeiros nas casas noturnas e boates nos anos 80, embalados pela era das discotecas, um certo clima hostil se instalou entre as duas tribos.Imagine então João Gordo, o despachado apresentador da MTV e vocalista punk do Ratos de Porão, que costuma cuspir e falar palavrões durante suas apresentações, com fones de ouvido pilotando uma picape. Ou o guitarrista Beto Lee, filho da "rainha do rock nacional ", Rita Lee, trocando CDs em vez de atacar solos distorcidos.Sim, é possível. Em seu segundo fim de semana, o Mercado Mundo Mix, feira que estará montada no galpão da Sabrico, amanhã e domingo, quer quebrar o gelo. Além de Lee e Gordo, estarão como responsáveis pela troca de sons a VJ Penélope Nova e a produtora Júlia Petit, mulher de Beto Lee.Esperar pelo baticum eletrônico que predominou no último fim de semana já seria demais. Gordo e Penélope chegam, amanhã, com a sacola cheia de discos de bandas de punk rock. No domingo, o casal Lee e Júlia, pouco disposto a trair o gênero, revezam a programação, principalmente com discos de grupos de rock-and-roll dos anos 70."Vou levar só rock tipo A. Discos de Aerosmith, The Cult, ZZ Top, Black Crownes e Iggy Pop com certeza", promete Beto Lee. "Não entendo quase nada destas aparelhagens de discotecagem. Mas a Júlia disse que eu só precisava levar álbuns que gosto. Então topei."Mercado Mundo Mix. Amanhã e domingo, das 14h às 22h. Avenida Francisco Matarazzo, 530 - Galpão da Sabrico. Ingresso: R$ 4.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.