Multishow premia amanhã os preferidos do público

A presença de Roberto Carlos pode ser uma das grandes surpresas da entrega do Prêmio Multishow de Música Brasileira, que ocorre amanhã à noite, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. O rei, que ainda não confirmoupresença, disputa como melhor cantor ao lado de Arnaldo Antunes,Leonardo, Lulu Santos e o mais forte concorrente, Caetano Veloso, campeão do ano passado.O prêmio, que está na nona edição, já se consolidou comoum dos principais da música nacional, especialmente pela formademocrática com que são escolhidos os vencedores: por meio dovoto popular, via Internet, no site do canal pago Multishow(Globosat). E, neste ano, a soma de votos atingiu um númerorecorde, ultrapassando os 6 milhões.A primeira impressão é que a maioria desses eleitores éformada por um público jovem, a julgar por alguns finalistas,como Sandy & Júnior, KLB e Wanessa Camargo. Segundo Wilson Cunha, diretor do Multishow, não há possibilidade, porém, de o gostodesse público específico prevalecer: para ele, a relação mostrauma variedade de artistas que não aponta para uma tendênciaespecífica.Pontualidade - A entrega deste ano começa rigorosamenteàs 21 horas, por conta da transmissão direta também paraPortugal, o que comprova a decisão do canal em investirmaciçamente no evento: cerca de R$ 2,5 milhões foram empregadosna cerimônia, mas todas as cinco cotas de patrocínio foramvendidas, ao custo de R$ 700 mil cada.Os apresentadores serão, novamente, Fernanda Torres eNelson Motta, que vão entregar o prêmio em 11 categorias: cantor, cantora, grupo, CD, show, instrumentista, música, clipe,revelação solo e revelação grupo, além da nova categoria, DVD. Durante a cerimônia, tambémserá conhecido o nome do artista homenageado do ano, que éescolhido pelos vencedores dos anos anteriores. Em 2001, oprêmio prestou homenagem ao cantor Tim Maia. "Tenho certeza quevai ser novamente uma surpresa emocionante", acredita LeonardoNetto, responsável pela direção do evento.Além do número expressivo de votantes, o PrêmioMultishow que será entregue amanhã ano oferece outra novidade,especificamente na premiação. Nos anos anteriores, a música erasempre privilegiada, mas, neste ano, a cerimônia terá como temao teatro.O motivo foram os diversos musicais que ocuparam ospalcos brasileiros nos últimos 12 meses, dedicados a grandesnomes da música popular do País, como Chiquinha Gonzaga, NoelRosa, Elza Soares, Raul Seixas e Elis Regina. Assim, em algumascategorias, as duplas responsáveis pela entrega dos prêmiosserão compostas por um representante do meio teatral e outro docenário musical. Entre as duplas confirmadas, está Elza Soares eZezé Polessa, que a interpretou na peça A Crioula."Com isso, estamos reconhecendo que o teatro temhomenageado a história musical do Brasil", comentou VicenteLobato, responsável pela supervisão geral do Prêmio. Segundo ele, ainda haverá supresas que só serão reveladas durante acerimônia da noite, que terá início como uma nova trilha sonora,composta por Eduardo Souto Netto, compositor do tema da vitórianas transmissões da Fórmula 1.Depois de divulgada a preferência dos votos dosinternautas, os músicos e convidados vão comemorar com uma festano Marina da Glória.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.