MTV Latin America 2006 quebra recorde de votos

O MTV Video Music Awards Latin America 2006 quebrou recorde de votação e registrou este ano 5 milhões de votos online e mais de 50 mil via mensagens SMS em toda a região, anunciou neste sábado a rede de televisão MTV.O canal não indicou qual o número de votos mais alto registrado em edições anteriores em seu site, mas afirmou em comunicado que nunca registrou quantidade de votos similar.Os candidatos em 16 das 20 categorias dos prêmios foram selecionados pelos espectadores da MTV Latin America e profissionais da indústria musical.Este ano, os prêmios terão três novas categorias: Música do Ano, Artista Revelação e Artista Promessa, cujos candidatos foram selecionados por um grupo especializado de executivos da MTV Latin America. Este mesmo grupo também escolheu os concorrentes da categoria "Melhor Artista Alternativo".A MTV transmitirá ao vivo a cerimônia do MTV Video Music Awards Latin America 2006 pelo site MTVRevolution na quinta-feira. Adicionalmente, o canal produzirá pela primeira vez em sua história, exclusivamente para o site, um especial de 30 minutos que mostrará os bastidores da cerimônia.O especial terá entrevistas exclusivas com os protagonistas da festa e a apresentação das Lenguas (como são chamados os prêmios) aos vencedores das categorias Vídeo do Ano, Melhor Artista Novo e Melhor Artista Alternativo.Pela primeira vez, a entrega não será realizada nos Estados Unidos e sim em um país latino americano, pois no ano passado a cerimônia, que estava prevista para acontecer em Playa del Carmen (Cancún), foi cancelada na última hora por causa da chegada do furacão "Wilma", no final de outubro.Nesta entrega dos prêmios MTV Latin America, a premiação terá como anfitriões a atriz mexicana Ana de la Reguera e a banda mexicana Molotov.Entre os astros que se apresentarão estão o cantor britânico Robbie Williams, a canadense Nelly Furtado e a banda americana Evanescence, além do grupo mexicano Maná e da cantora Julieta Venegas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.