MTV Brasil dita padrões, mas obedece

Além de ditar padrões de gosto e comportamento, a MTV Brasil também aprendeu a ouvir o que o jovem brasileiro quer. A emissora deixou de ser referência apenas para os fãs de pop/rock e, nos últimos dois anos, literalmente abriu suas portas para artistas que antes só eram sucesso nos programas dominicais. A maior prova dessa nova cara da emissora são os números. Na atual lista dos mais pedidos da parada nacional, agora são presenças garantidas os românticos Leonardo, Wanessa Camargo, Ivete Sangalo Exaltasamba, Só Pra Contrariar e outros pagodeiros de plantão. Um prova de que a preferência do gosto nacional briga de igual para igual com bandas como Raimundos, e Planet Hemp, Racionais MC´s.Mas a emissora prova novamente que sabe "dançar conforme a música". Neste ano, apesar de continuar veiculando vídeos até então renegados, a MTV não só retira as categorias que os premiavam como não os remaneja a nenhuma outra sessão para o Video Music Brasil (VMB) deste ano, a festa que premia os melhores do ano e será realizada em 16 de agosto. Dos considerados mais popularescos, quem fica para contar história é Wanessa Camargo e a dupla Sandy & Júnior. "A mania da MTV de colocar as coisas antes acaba formando a opinião", acredita Zico Góes, diretor de Programação.Outro bom exemplo do poder da emissora sobre o próprio mercado fonográfico é o Acústico MTV. Inaugurado modestamente, tornou-se uma verdadeira grife e já conta uma lista eclética de ilustres participantes como Titãs, Cassia Eller, Paralamas do Sucesso, Legião Urbana, Gal Costa, Gilberto Gil, entre outros. Os CDs Acústicos vendem muito. Dos 15 programas realizados, 11 viraram CD e home-video/DVD, com uma vendagem de 5,7 milhões de exemplares.Para o VJ Fábio Massari, esse sucesso tem sua razão de ser. "A MTV tem de refletir as andanças do mercado brasileiro" reflete. "É claro que a MTV molda o público em vários setores, como qualquer outra emissora, mas não só abordando os assuntos e sim trazendo campanhas como a da aids, por exemplo. Mais do que expressar sua opinião, a MTV tenta colocar elementos para as pessoas ponderarem o que recebem."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.