Motomix faz a festa no Jockey de SP

A terceira temporada do Motomix, evento multimídia promovido pela Motorola, começa amanhã em São Paulo, no Jockey Club. Daqui, parte para o Rio, no dia 5, e depois para Belo Horizonte e Porto Alegre, no segundo semestre. O evento, que fez uso dos benefícios fiscais da Lei Rouanet, é gratuito e propõe a fusão de estéticas visuais e musicais. Haverá exibição de filmes e de grafitagem, além, claro, de performances musicais das mais diferentes tendências, conduzidas por DJs, VJs e bandas.Este ano, um dos principais destaques na programação é a DJ americana Colette, pela primeira vez no Brasil. Conhecida por colocar vocais em seus trabalhos e abrir precedente para uma nova prática no mundo eletrônico, o estilo de Colette poderá ser conferido em São Paulo e no Rio. Outra atração é o VJ brasileiro Alexis, cuja apresentação segue o espírito do Motomix, ao unir imagens mixadas em tempo real com a música que está sendo executada no palco. O resultado é um efeito que beira o psicodélico. O trio BossaCucaNova, que mescla bossa nova e ritmos eletrônicos, o guitarrista Edgar Scandurra e o DJ carioca Luiz Pareto integram o time confirmado para o evento em São Paulo. Enquanto isso, a Mostra Motomix de Audiovisual Universitário transcorre paralelamente às performances, exibindo uma série de filmes universitários, em telões, durante todo o evento.Motomix 2004 - No Jockey Club de São Paulo. Rua José Augusto de Queiroz, s/n, portão 1, telefone 3328-3838. Grátis. Amanhã, a partir das 21 horas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.