Morte de Harrison ainda produz especulação

A morte de George Harrison, em novembro, continuagerando curiosidade e perguntas sem resposta. Uma reportagempublicada na edição de junho da revista Rolling Stoneinvestiga a presença de representantes Hare Krishna ao lado domúsico minutos antes de sua morte. Há informações conflitantesde que o ex-beatle teria deixado US$ 30 milhões para a seita.Amigos de Harrison também foram entrevistados a respeito docomportamento pouco ético de um médico chamado Gil Lederman, que, depois da morte do músico, esteve em vários talk-showsrevelando detalhes íntimos de sua doença. Pessoaspróximas à família afirmam que Lederman "falou muito pouco"com Harisson, mas, mesmo assim, montou "um circo de imprensada maneira mais vergonhosa possível".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.