Flickr Whitney Houston/Asterio Tecson/Wiki Commons/Ansa
Flickr Whitney Houston/Asterio Tecson/Wiki Commons/Ansa

Morte da cantora Whitney Houston completa 10 anos

Dona de sucessos como 'I Will Always Love You', ela morreu aos 48 anos, no dia 11 de fevereiro de 2012

Redação, O Estado de S. Paulo

11 de fevereiro de 2022 | 14h11

A morte da cantora norte-americana Whitney Houston, dona de uma das vozes mais marcantes de todos os tempos, completou 10 anos nesta sexta-feira, 11.

Em 11 de fevereiro de 2012, véspera do Grammy Awards, Whitney Houston foi encontrada morta em um quarto de hotel em Beverly Hills. A artista, que tinha somente 48 anos de idade, morreu após ter se afogado acidentalmente em uma banheira após uso excessivo de drogas.

Houston emplacou diversos sucessos no mundo da música ao longo da carreira, como Greatest Love of All (1986), I Wanna Dance with Somebody (Who Loves Me) (1987) e I Will Always Love You (1992), cover de uma música de Dolly Parton e trilha sonora do filme O Guarda-Costas, no qual a artista co-estrelou com o ator Kevin Costner.

Os sucessos de Houston renderam mais de 200 milhões de álbuns e singles vendidos, seis Grammys e 22 American Music Awards.

As vidas pública e privada de Houston, no entanto, andaram em trilhas distintas, pois a imagem da cantora foi comprometida no final dos anos 1990 em virtude dos problemas com drogas e de um casamento conturbado com o cantor Bobby Brown.

A última aparição pública de Houston aconteceu em 9 de fevereiro de 2012 em Hollywood, nos Estados Unidos.

Alguns anos depois da morte de Houston, em 2015, o mesmo trágico destino atingiu a filha da artista, Bobbi Kristina. A jovem de 22 anos foi encontrada inconsciente na banheira de sua casa e permaneceu em coma por seis meses, mas morreu em 26 de julho.

Tudo o que sabemos sobre:
Whitney Houstonmúsica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.