Julio Cesar Aguilar/AFP
Julio Cesar Aguilar/AFP

Morrissey volta com novo álbum, fiel às críticas políticas

Seu 11º disco solo, 'Low in High-School', será lançado no dia 17 de novembro, informou a BMG em comunicado

AFP

23 Agosto 2017 | 15h54

O ícone do rock Morrissey lançará seu primeiro álbum após um intervalo de três anos, anunciou nesta terça-feira (22) o seu novo selo fonográfico, que prometeu uma obra imersa nas posições políticas do músico. Seu 11º disco solo, Low in High-School, será lançado no dia 17 de novembro, informou a BMG em comunicado.

"O talento de Morrissey em mesclar opiniões políticas e melodias é mais evidente do que nunca em 'Low in High School', captando o espírito de um mundo em mudança constante", acrescentou a distribuidora.

Morrissey apresentará seu novo álbum pela primeira vez em um show no dia 10 de novembro no Hollywood Bowl, em Los Angeles. Logo após, seguirá em turnê. As datas serão anunciadas futuramente, informou o selo.

Crítico conhecido da monarquia britânica e feroz defensor dos direitos dos animais, o fundador de 58 anos da banda The Smiths continua manifestando suas opiniões políticas por meio de seu rock melancólico.

Um indício de suas relações, frequentemente tensas com a indústria fonográfica, Morrissey mencionou ter tido diferenças com o selo Harvest logo após o lançamento do seu último disco, World Peace Is None of Your Business, lançado em 2014. O selo, que pertence à Universal, rescindiu, então, seu contrato com o músico.

Para Low in High School, Morrissey lançou o seu próprio selo, o Etienne Records, que será distribuído pela BMG, pertencente ao conglomerado alemão Bertelsmann. Segundo Korda Marshall, um dos executivos responsáveis pelas novidades anunciadas pela BMG, fechar um contrato com Morrissey é "um sonho".

"Hoje em dia não há muitos artistas que poderiam ser comparados a Morrissey. Ele tem um talento extraordinário, é culto, engenhoso, elegante e, além de tudo, corajoso", escreveu em um comunicado.

O anúncio do lançamento do novo álbum coincide com a estreia de um documentário sobre Morrissey, England Is Mine, que retrata os primeiros anos do cantor em Manchester até a formação dos Smiths, na década de 1980, ao lado do mítico guitarrista Johnny Marr.

Mais conteúdo sobre:
Stephen Patrick Morrissey

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.