Morrissey dá a volta por cima e inspira Nancy Sinatra

Depois de sete anos amargando o ostracismo, sem gravadora, e com a imprensa em geral disposta a jogar no ventilador picuinhas de sua vida particular, Morrissey deu a volta por cima. Seu novo álbum, You are the Quarry, é um de seus trabalhos mais bem acabados e consistentes, e também um sucesso de público. Aliás, nunca Morrissey vendeu tanto. O disco atingiu o segundo lugar na Inglaterra e décimo-primeiro nos Estados Unidos, um grande feito para um artista considerado alternativo. Nesta semana, o segundo single do álbum, First of the Gang to Die, chegou ao sexto lugar nas paradas britânicas. Até no Brasil, as vendas foram surpreendentes. O disco, lançado aqui pela BMG em meados de junho, teve sua tiragem inicial de 5 mil cópias esgotada em menos de 1 mês. Uma segunda tiragem de 2 mil cópias já está no fim e uma nova está a caminho.Apesar dos temas um tanto incomuns, as canções de Morrissey são pop da melhor qualidade. Tão pop que Nancy Sinatra decidiu regravar uma das músicas de You are the Quarry e tentar, também ela, sair do esquecimento e relançar sua carreira. A música será o primeiro single do disco da filha de Frank, na forma de um dueto com o próprio Morrissey. Let Me Kiss You, a música escolhida por Nancy, é uma balada nada adocicada, onde o protagonista pede para seu par fechar os olhos e pensar em alguém atraente para que possa beijá-la, porque quando você abre seus olhos você vê alguém que você despreza. Passional e nem sempre correto, Morrissey volta com um disco poético e político, que vale a pena ser ouvido. O novo single, First of The Gang To Die, um show de guitarras melodiosas e um refrão grudento como chiclete, já está nas rádios.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.