Marcos Arcoverde/Agência Estadoi/AE
Marcos Arcoverde/Agência Estadoi/AE

Morre Vital Dias, primeiro baterista do Paralamas do Sucesso, aos 55 anos

Músico, que foi personagem do sucesso 'Vital e Sua Moto', deixou o grupo para a entrada de João Barone

O Estado de S. Paulo, O Estado de S. Paulo

03 Março 2015 | 20h19

 

Vital Dias, também conhecido como aquele de Vital e Sua Moto, grande sucesso do início da carreira do Paralamas do Sucesso, morreu nesta terça-feira, 3, no Rio de Janeiro. O baterista, o primeiro da banda liderada por Herbert Vianna, tinha 55 anos e foi vítima de um câncer. 

Dias era amigo de Vianna e de Bi Ferreira, hoje baixista do Paralamas, nos tempos de curso pré-vestibular. Os três colegas decidiram criar uma banda, mas Vital não levou a carreira do grupo tão à sério quanto os outros e acabou substituído por João Barone, até hoje o titular das baquetas do grupo. 

Depois do Paralamas, Vital integrou uma banda de heavy metal chamada Sadom até deixar a música por completo. A história dele e do seu sonho de metal, uma motocicleta comprada com ajuda do pai, ficou eternizada na faixa de abertura de Cinema Mudo, a estreia do Paralamas

A banda publicou uma nota de pesar no Facebook oficial dela, assinada por todos os integrantes. "Descanse em paz, Vital", tem início o texto. "Primeiro baterista a tocar com Bi e Herbert, tema do primeiro sucesso dos Paralamas e um grande amigo da banda nesses anos todos. É com grande tristeza que comunicamos a perda do nosso velho amigo Vital Dias, que faleceu nesta terça-feira no Rio de Janeiro. Estamos solidários e mandamos nossos pensamentos mais elevados para sua esposa, filhos e amigos nessa hora difícil."

João Barone também usou a rede social para expressar o luto. "Vital Dias, velho amigo, foi encontrar com Keith Moon, seu batera preferido. Vai ter muito barulho no céu hoje! Valeu Vital!", escreveu ele, no Facebook. 

 Relembre o hit Vital e Sua Moto:

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.