BUZZCOCKS
BUZZCOCKS

Morre Pete Shelley, vocalista do Buzzcocks

Segundo informou comunicado na página oficial da banda, roqueiro foi vítima de ataque cardíaco fulminante

O Estado de S.Paulo

06 Dezembro 2018 | 20h59

O mundo dos ídolos punks sofreu uma forte baixa. Aos 63 anos de idade, Pete Shelley, vocalista, guitarrista e líder do Buzzcocks, morreu. A causa de sua morte foi um ataque cardíaco fulminante, segundo informação confirmada na página oficial da banda no Facebook. A nota diz o seguinte: "É com profunda tristeza que confirmamos a morte de Pete Shelley, um dos compositores mais influentes e prolíficos da Grã-Bretanha e co-fundador da seminal banda punk Buzzcocks. A música de Pete inspirou gerações de músicos em todo o mundo em uma carreira que se estendeu por cinco décadas tanto com a banda quanto como artista solo, e ele foi aclamado no mais elevado panteão da música pela indústria e por seus fãs. Uma declaração mais detalhada será emitida em breve".

"É com grande tristeza que confirmamos a morte de Pete Shelley, um dos mais influentes e prolíficos compositores do Reino Unido, e co-fundador da banda original do punk Buzzcocks. A música de Pete inspirou gerações de músicos durante uma carreira que durou cinco décadas. Com sua banda e como artista solo, ele foi mantido no mais alto patamar do respeito pela indústria musical e por seus fãs em todo o mundo", escreveram integrantes do grupo.

O Buzzcocks surgiu para o mundo punk na segunda metade da década de 1970. Sua importância está na definição do material genético de várias bandas punks, como o Teenage Fanclub. Eles estão na estrada há mais de 40 anos.

Mais conteúdo sobre:
Pete Shelley

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.