Morre Otis Blackwell, pioneiro do rock

O compositor americano Otis Blackwell, um dos pioneiros do rock´n´roll, morreu nesta segunda-feira em Nashville, aos 70 anos, de enfarte. Entre as mais de mil canções compostas por Blackwell estão Don`t Be Cruel, gravado por Elvis Presley, e Great Balls of Fire, por Jerry Lee Lewis.Outros artistas chegaram ao topo das paradas com músicas de Blackwell, como Ray Charles, Otis Redding, James Taylor, Billy Joel e The Who.Nascido no bairro do Brooklyn, em Nova York, Blackwell pretendia ser cantor, mas logo começou a receber encomendas de composições, às quais, de início, atendia a contragosto. Em 1956, Elvis Presley lhe pediu para gravar Don´t Be Cruel, que escalou rapidamente as paradas de scuesso. No ano seguinte, o rei do rock´n´roll gravaria outro supersucesso da autoria de Blackwell, All Shook Up. Blackwell comporia mais canções para ele, como Return to Sender e One Broken Heart For Sale.Blackwell assinou também alguns dos maiores êxitos de outra lenda do rock´n´roll, Jerry Lee Lewis, com títulos como Breathless e Great Balls of Fire. Para a cantora Peggy Lee, usando um pseudônimo (sem nunca ter explicado por quê), Blackwell escreveu Fever, regravada por vários artistas, incluindo Madonna, em 1992, no álbum Erotica.Nos anos 70, Blackwell gravou dois álbuns, These Are My Songs e Singin´ the Blues. Em 1991, ele sofreu um derrame e desde então sua saúde nunca se recuperou totalmente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.