Morre Oswaldo Sargentelli, no Rio

Morreu nesta manhã Oswaldo Sargentelli, de 79 anos, no Hospital Barra D, no Rio de Janeiro. Boêmio, Sargentelli ficou conhecido como mulatólogo e foi apresentador de programas na televisão e no rádio, ganhando fama como o Advogado do Diabo. Ultimamente, trabalhava na TVE. Ele passou mal ontem, ao fazer uma participação especial na novela O Clone. Os médicos que vinham cuidando de Oswaldo Sargentelli de ontem para hoje, chegaram a tentar colocar um marca-passo no sambista na manhã de hoje, quando ele faleceu. Sargentelli sofreu infarto agudo do miocárdio ontem, durante as gravações da novela O Clone. De acordo com informações do Hospital Barra D, os músculos do seu coração estavam enfraquecidos e a pressão sanguínea continuou baixa mesmo com doses elevadas de adrenalina e outras medidas tomadas na tentativa de dar mais força ao fluxo de sangue no seu coração. O médico Diamantino Ribeiro Salgado cuidou de Sargentelli durante toda madrugada e divulgou nesta manhã um o boletim médico sobre seu caso: "O paciente Oswaldo Sargentelli evoluiu durante a madrugada em estado de extrema gravidade, com quadro de choque cardiogênico refratário, secundário a infarto agudo do miocárdio. Não obteve resposta, apesar das doses elevadas de aminas e suporte mecânico cardíaco (balão intraórtico), ainda colocando-se marca-passo agora pela manhã, sem resposta positiva, vindo a evoluir para óbito às 10 horas."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.