Morre o violeiro Renato Andrade

Morreu hoje o violeiro Renato Andrade, aos 73 anos. Após saber que estava com câncer no pulmão, em setembro, o músico voltou para Abaeté, sua terra natal, na região central de Minas Gerais. O velório está acontecendo na Câmara Municipal.Em 1977 lançou seu primeiro disco-solo, A Fantástica Viola de Renato Andrade, e ficou conhecido como o músico que levou a viola para as salas de concertos, ao interpretar compositores brasileiros como Guerra-Peixe e Francisco Mignone. Renato Andrade tocava desde a viola caipira, até técnicas como o cebolão (a mais comum), a rio abaixo e a de guitarra.

Agencia Estado,

30 de dezembro de 2005 | 14h54

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.