Morre o saxofonista Michael Brecker

O saxofonista de jazz Michael Brecker, vencedor de 11 prêmios Grammy, morreu neste sábado de leucemia aos 57 anos, informou a emissora de TV "NBC".Brecker tinha recebido um tratamento médico experimental com células-tronco em maio do ano passado, mas que não funcionou como era esperado, de acordo com uma nota divulgada na página de internet do músico.O saxofonista nasceu em 1949, na Filadélfia, e começou a tocar ainda na escola, inspirado por seu maior ídolo, John Coltrane.Na década de 70, criou ao lado de seu irmão Randy, trompetista, a banda Brecker Brothers, na qual fundiram o jazz com o rock.Durante essa década e a de 80 gravou discos e tocou com alguns dos principais nomes do jazz e do pop, como Quincy Jones, Joni Mitchell, Frank Sinatra, Bruce Springsteen e Frank Zappa, até que, em 1987, lançou seu primeiro disco solo.Daí em adiante desfrutou de sucesso após sucesso no mundo do jazz e encheu sua casa com prêmios Grammy.Na década passada, ficou um ano e meio em turnê com Paul Simon e em 1992 se reencontrou com seu irmão para gravar "Return of the Brecker Brothers".Em 2003, gravou "Wide Angles", seu primeiro disco com uma big band, chamada de Quindectet porque tinha 15 integrantes. Um ano depois, o CD conquistou outros dois Grammys.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.