Luaka Bop via The New York Times
Luaka Bop via The New York Times

Morre o músico nigeriano William Onyeabor aos 70 anos

Pioneiro do funk eletrônico nos anos 1970 e 1980, ele experimentou uma retomada da fama recentemente promovida por David Byrne

O Estado de S. Paulo

18 Janeiro 2017 | 11h06

William Onyeabor, o músico nigeriano pioneiro do synth funk, morreu na última segunda-feira, 16, de acordo com a gravadora Luaka Bop, durante o sono. Ele tinha 70 anos e estava convalescendo em sua casa em Enugu, na Nigéria.

O músico começou sua carreira musical nos anos 1970, quando construiu e botou para funcionar um estúdio e uma fábrica de discos na sua cidade natal. Até 1985, ele gravou, imprimiu e distribuiu uma série de álbuns fundamentais do funk eletrônico.

Em 2013, a Luaka Bop (gravadora de David Byrne) lançou Who Is William Onyeabor?, a primeira compilação autorizada de seu trabalho nos Estados Unidos. Byrne também organizou uma série de eventos de tributo ao artista, dos quais participaram, entre outros, Damon Albarn, Dev Hynes e membros do LCD Soundsystem e do Hot Chip.

Em 1985, Onyeabor se tornou um cristão devoto e parou de gravar. Ao longo dos anos, seus discos viraram verdadeiras raridades.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.