Morre o guitarrista Robert Lockwood Jr., lenda do blues

Robert Lockwood Jr., guitarrista ícone do blues, morreu nesta quinta-feira aos 91 anos de idade por complicações respiratórias, em Cleveland, capital do Estado americano de Ohio. Ele havia sofrido um derrame em 3 de novembro e estava internado desde então. "Eu venho gravando desde 1941, não preciso de publicidade", disse em uma entrevista a Terence McArdle, do jornal The Washington Post. Ao mesmo repórter contou: "Claro, eu ensinei guitarra. Eu ensinei a Louis Myers, Luther Tucker, M.T. Murphy e B.B. King", disse, modestamente. Entre os gigantes do Delta Blues (padronização do formato de 12 compassos) no país, Robert Lockwood Jr. pode ter sido o último dos grandes nomes, tendo sobrevivido a Muddy Waters, Jimmy Rogers e John Lee Hooker. Lockwood começou seu aprendizado como guitarrista aos 11 anos, com os ensinamentos do reverenciado Robert Johnson, que havia se envolvido romanticamente com a mãe viúva de Lockwood, Helena. Aos 15 anos, ele já fazia as chamadas ´canjas´ com seu mentor nos estados de Mississippi e Arkansas.Se o guitarrista não teve o mesmo sucesso que Waters ou Hooker, diz McArdle, "foi somente porque passou grande parte do seu tempo como coadjuvante para cantores de blues. Até o fim dos anos 70, seus álbuns como cantor eram raros".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.