Morre o cantor Gene Pitney, astro dos anos 60

O cantor norte-americano Gene Pitney, de 65 anos, famoso nos anos 60, foi encontrado morto hoje em um hotel de Cardiff, no País de Gales, segundo informou seu agente, Jene Levy. A polícia informou que a morte não parece suspeita, havendo indícios de que foi provocada por causas naturais. O cantor, que fez sucesso com as canções Twenty Four Hours from Tulsa e Something´s Gotten Hold Of My Heart, se apresentou ontem à noite no teatro St. David de Cardiff e tinha previsto um show esta noite em Bristol, na Inglaterra.Segundo o porta-voz da In Touch Music, Mark Howes, todo o mundo está comovido por esta morte repentina já que não parecia que Pitney que estivesse mal de saúde."Ele fez uma boa atuação ontem à noite no St.David Hall, foi maravilhosa", disse Howes à BBC. "Eu o vi várias vezes nesta viagem e estava bem e em bom estado. Ele dizia que esta era a melhor viagem em anos", acrescentou.As canções de Pitney foram gravadas por alguns dos astros mais importantes da música, como Hello Mary Lou, por Ricky Nelson; Today´s Teardrops, por Roy Orbison; e Rubber Ball, por Bobby Vee. Pitney foi quem ajudou os Rolling Stones a entrarem no mercado de música norte-americano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.