Morre o cantor cubano Polo Montañez

O cantor cubano Polo Montañez morreu ontem à noite, aos 47 anos, de complicações cardiovasculares decorrentes de um acidente de trânsito que sofreu há uma semana. A informação foi dada por sua gravadora, Lusáfrica. Montañez, nascido Fernando Borrego, era um dos novos nomes da cena latina a ganhar espaço no mercado mundial.Autodidata, de origem humilde, ele conseguiu nos últimos três anos emplacar seu trabalho, todo inspirado na tradição da música cubana, na França, Portugal, Bélgica, Holanda, Itália e em grande parte do mercado latino-americano. Na última quarta-feira, voltando de um encontro familiar, bateu seu carro contra um caminhão nas proximidades de Havana. No acidente, morreu também seu enteado, Mirel González, de 25 anos. Sua mulher, Adis García, e outros familiares que viajavam com o cantor, sobreviveram.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.