Facebook|AC|DC
Facebook|AC|DC

Morre Malcolm Young, guitarrista e fundador do AC/DC

Guitarrista estava afastado da banda desde 2014, pois apresentava um quadro de demência, o que fazia com que ele tivesse perda total da memória

O Estado de S. Paulo

18 de novembro de 2017 | 11h54
Atualizado 18 de novembro de 2017 | 19h41

Malcolm Young, guitarrista e fundador da banda australiana AC/DC, pioneira do hard rock, morreu na manhã deste sábado, 18, aos 64 anos, informou a banda em nota nas redes sociais. De acordo com a banda, ele "faleceu pacificamente com a família ao lado da cama". 

+ Playlist Eldorado: AC/DC

+ Em luto, mundo do rock lamenta a morte de Malcolm Young

"Reconhecido por sua proeza musical, Malcolm era compositor, guitarrista, artista, produtor e visionário que inspirou muitos. Desde o início, ele sabia o que queria alcançar e, junto com o irmão mais novo, levou aos palcos de todo mundo tudo de si em todos os shows. Nada menos faria por seus fãs", disse a banda em nota. 

O guitarrista estava afastado da banda desde 2014. O australiano apresentava um quadro de demência, o que fazia com que ele tivesse perda total da memória. Malcolm deixa a esposa O'Linda, os filhos Cara e Ross, o genro Josh, três netos, irmã e irmão. A família pediu que, ao invés de flores, fossem enviadas doações ao Exército da Salvação.

Em outubro, a família Young havia perdido também o irmão George, mentor da banda. "Sem sua ajuda e orientação o AC/DC não existiria", diz o comunicado do dia 23 de outubro. Ele tinha 70 anos.

No ano passado, 2016, a banda havia anunciado a saída do baixista Cliff Williams. O músico disse na época que iria se aposentar.

Em 2015, sem Malcolm, o AC/DC apresentava uma volta à velha forma com o novo disco Rock or Bust, mas a ausência do membro fundador já era sentida nas canções.

Nascido em 6 de janeiro de 1953 na cidade escocesa de Glasgow, Malcolm emigrou com parte de sua família para a Austrália em 1963. Fundou o grupo de hard rock, com Angus e George, em Sydney, em 1973, e três anos depois eles se mudaram para Londres, onde começaram sua exitosa carreira internacional.

Em 1980, morreu o vocalista do grupo, Bon Scott, por conta de intoxicação alcoólica. No mesmo ano, a banda lançou o disco Back in Black.

+ 'O AC/DC era bem melhor com Bon Scott nos vocais', diz biógrafo

Durante os anos 1980, foram gravados e lançados álbuns como For Those About to Rock (1981), Flick of the Switch (1983), 74 Jailbreak (1984), Fly on the Wall (1985), Who Made Who (1985) e Blow Up Your Video (1988), ritmo que diminuiu na década seguinte.

Malcolm participou da turnê Black Ice, entre 2008 e 2010, e seu último show com a banda foi em junho de 2010, em Bilbao, na Espanha.

Tudo o que sabemos sobre:
Malcolm YoungAC/DC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.