Reprodução
Reprodução

Morre cantora de ópera chinesa Yuan Xuefen

Ela modernizou o gênero 'Yueju', típico do leste da China, e foi sua principal representante

Efe

21 de fevereiro de 2011 | 18h04

A tradicional cantora de ópera chinesa Yuan Xuefen, uma das principais artistas do gênero no século XX, faleceu em Xangai, aos 88 anos, informou no domingo, 20, sua família através da agência oficial Xinhua.

 

Yuan, que morreu neste fim de semana, foi a principal representante da ópera yueju, típica do leste da China e que junto à ópera de Pequim são os dois gêneros mais conhecidos desta arte cênica oriental.

 

A atriz revolucionou a ópera yueju com recursos de iluminação, vestuário e cenografia, que até então eram mais próprios do teatro ocidental.

Yuan sofreu críticas e ameaças na Revolução Cultural, mas contava com o apoio do primeiro-ministro chinês, Zhou Enlai, admirador de suas obras.

 

Nascida em 26 de março de 1922, Yuan é considerada o principal símbolo da ópera yueju, que de um gênero interpretado apenas por homens quando foi criado, no início do século XX, passou a ser uma arte reservada apenas a atrizes.

 

A família informou que as cinzas da atriz serão jogadas no rio Huangpu, que cruza Xangai, de acordo com o desejo da própria Yuan.

Tudo o que sabemos sobre:
Yuan Xuefenópera chinesa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.