Morre baixista do The Who

O baixista do grupo britânico de rock The Who foi encontrado morto nesta quinta-feira, em seu quarto de hotel, no Hard Rock Hotel & Casino, em Las Vegas. John Entwistle tinha 57 anos. Sua morte ocorreu um dia antes do início da turnê do grupo pelos Estados Unidos. A causa de sua morte está sendo investigada, segundo informou o coronel Ron Flud, da polícia legista do condado de Clark, em Las Vegas. Já o porta-voz do governo local Bob Leinbach, disse que o músico morreu de um ataque cardíaco "nada suspeito". O empresário da banda, Robert Rosenberg, declarou sentir "tristeza e estupor" pelo acontecido.Os porta-vozes do grupo não disseram se a turnê Última Coleção,programada para percorrer 24 cidades norte-americanas será cancelada. Entwistle se destacava por sua maneira impassível de tocar, em contraste com os saltos do guitarrista Pete Townshend, de 57 anos e líder da banda. O grupo era composto ainda pelo cantor Roger Daltrey, de 58 anos. Nesta turnê, eles tocariam acompanhados pelo baterista Zak Satrkey, filho do ex-Beatle Ringo Starr e pelo irmão de Townshend, o guitarrista Simon, que também participaria do coro.Fundado no início dos anos 60, quando o rock britânico invadiu os Estados Unidos, o The Who era a voz de um novo estilo. Seus concertos eram literalmente explosivos, com uma fusão de acrobacia, precisão militar e um rock violento que deixava o palco cheio de objetos quebrados.Os álbuns da banda entre 1965 e 1982 foram My Generation, Happy Jack, The Who Sell Out, On Tour: Magic Bus, Tommy, Live at Leeds, Who´s Next, Meaty, Beaty, Big and Bouncy, Quadrophenia, Odds and Sods, The Who by Numbers, Who Are You, The Kids Are Alright, Face Dances e It´s Hard.Keith Moon, o primeiro baterista da banda, morreu em Londres em 1978, aos 31 anos. O grupo se desfez em 1982, depois de um show em Toronto, no Canadá, mas ultimamente voltou a se reunir para uma série de turnês.Músico esculpiu seu primeiro instrumento - John Alec Entwistle nasceu em 9 de outubro de 1944 em Chiswick, na Inglaterra. Sua mãe, que tocava piano, e seu pai, que tocava trompete, se separaram pouco depois de ele nascer. Entwistle passou a maior parte da infância morando com os avós.Ele tocava sopros em bandas de jazz tradicional na época de escola, onde conheceu o futuro líder do The Who, Pete Townshend. Ambos ficaram amigos graças ao interesse comum por música. Por volta dos 14 anos, Entwistle ficou fã do guitarrista americano Duanne Eddy e mudou de rumo musical. "Eu queria ser guitarrista solo para tocar alto", diria ele mais tarde. "A guitarra me parecia mais glamurosa, mas sempre preferi o som do baixo."Por não ter dinheiro para comprar um baixo, Entwistle esculpiu seu primeiro instrumento. Em 1960, ele se tornou membro da banda The Detours, liderada pelo futuro vocalista do The Who, Roger Daltrey. Pouco depois, Entwistle apresentaria Townshend a Daltrey, e os três passaram a fazer parte da banda.Entwistle lembraria que os Detours foram "a primeira banda (de Londres) a usar grande quantidade de equipamento". "Queríamos fazer barulho e causar bastante impacto." Em fevereiro de 1964, a banda mudou o nome para The Who. Dois meses depois, Keith Moon se tornava baterista do grupo, completando sua formação definitiva (que só mudaria depois de 1978, com a morte de Moon, substituído por Kenney Jones).As apresentações ao vivo da banda ficaram célebres por causa do alto volume e da presença agressiva de Townshend e Moon. Entwistle, ao contrário, era discreto e se movia pouco pelo palco. "Durante anos ninguém nem notou que John estava lá", disse Townshend certa vez.Em meados dos anos 60, o The Who só perdia para os Beatles e os Rolling Stones em termos de fama e rebeldia no cenário do rock inglês. Entwistle contribuiu para o repertório da banda esporadicamente, com músicas como Boris The Spider, na qual fazia também a voz principal. Em 1967, o Who fez a primeira turnê pelos Estados Unidos. Entwistle e Keith Moon, que já eram conhecidos como a melhor seção rítmica do rock´n´roll, em geral dividiam o quarto de hotel. Suas farras ficaram famosas.Em 1969, a banda lançou sua obra mais célebre, a ópera-rock Tommy. No disco, Entwistle cantava duas músicas, Cousin Kevin e Fiddle About. No mesmo ano, o Who se apresentou no festival de Woodstock. Por essa época a banda quebrou um quarto de hotel nos Estados Unidos e os quatro foram presos.Entwistle lançou seu primeiro álbum solo, Smash Your Head against the Wall em 1971, e faria mais três nos anos seguintes. Em 1974, o baixista organizou uma coleção de canções inéditas ou pouco conhecidas da banda, batizada de Odds & Sods. O carro-chefe do disco, Postcard, era uma composição de Entwistle. No ano seguinte, ele formou uma banda paralela, The Ox (O Boi, seu apelido no The Who), com a qual fez sua primeira turnê solo.Em 1982, o Who lançaria seu último disco oficial, It´s Hard. Entwistle continuou participando dos trabalhos solo de Pete Townsend e de reuniões eventuais da banda, como a participação do megaconcerto beneficente Live Aid, em 1985.Dez anos depois, Entwistle fez uma turnê pelos Estados Unidos e Japão, com a Ringo Starr All-Star Band. "Tive o duvidoso prazer de saber que toquei Yellow Submarine mais vezes do que Paul McCartney", ele brincou na ocasião. Em 1996, o baixista fundou a John Entwistle Band, com a qual continuou trabalhando desde então. Nos últimos anos ele começou a expor e vender seus desenhos e pinturas. Entwistle foi casado duas vezes e tinha um filho, Christopher, do primeiro casamento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.