AFP
AFP

Morre, aos 96 anos, a cantora francesa Patachou

Antes de começar a vida artística, teve um famoso cabaré no bairro parisiense de Montmartre

AFP

01 Maio 2015 | 11h53


A cantora Patachou, uma das vozes mais irreverentes da música francesa do pós-guerra, morreu nesta quinta-feira, 30, aos 96 anos em Paris.O nome de registro dela era Henriette Ragon. A artista nasceu em 1918 na capital francesa.

Com sua voz rouca ficou famosa ao interpretar dezenas de canções.Patachou também se apresentou no exterior, incluindo Estados Unidos, Canadá, Grã-Bretanha e até mesmo no Brasil.

A intérprete chegou a fazer alguns papéis no cinema.Antes de começar a vida artística, Patachou teve um famoso cabaré no bairro parisiense de Montmartre.

 

Mais conteúdo sobre:
MúsicaPatachou

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.