Morre aos 87 anos o guru de Woodstock

Swami Satchinanda, o guru de longas barbas brancas que abriu o histórico festival de Woodstock em 1969, morreu em Madras, na Índia, onde participava de uma conferêcia pela paz. Ele tinha 87 anos e sua morte foi noticiada hoje pelo New York Times. Satchinanda vivia na comunidade que ele mesmo havia fundado, nos anos 70, em Yogaville, Virginia. Em Woodstock, dividiu o palco com Jimi Hendrix, The Who e Crosby, Stills, Nash & Young. "Todo o mundo observa vocês. O mundo saberá que coisas poderá fazer a juventudade americana pelo resto da humanidade", disse então, à platéia de Woodstock. "A música é o som celestial que controla o universo".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.