AP
AP

Morre, aos 84 anos, o tenor alemão Peter Schreier

A causa da morte não foi revelada, mas ele tinha sérios problemas cardíacos

Associated Press, O Estado de S. Paulo

26 de dezembro de 2019 | 20h57

O tenor e maestro Peter Schreier morreu nesta quarta-feira (25), aos 84 anos, de causa não revelada, em Dresden, Alemanha. Portador de doença coronária, é possível que um ataque cardíaco tenha sido a causa da morte do cantor, que ganhou fama no Festival de Salzburgo e se apresentou nos melhores teatros de ópera do mundo, da Berlin State Opera ao Scala de Milão.

Grande intérprete de obras de Franz Schubert e Robert Schumann, Schreier fez sua última aparição numa ópera no ano 2000, em Berlim, interpretando o Tamino de 'A Flauta Mágica', de Mozart, um de seus grandes papéis. Ele continuou cantando em oratórios até os 70 anos.

Tudo o que sabemos sobre:
Peter Schreier

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.