Reuters
Reuters

Morre aos 82 anos Eddie Willis, da Motown, um dos últimos Funk Brothers

Guitarrista integrou a reverenciada banda que trabalhou em gravações em estúdio de 1959 até 1972 e foi homenageada com documentário em 2002

O Estado de S. Paulo

20 de agosto de 2018 | 23h39

O guitarrista Eddie Willis, que tocou em muitos dos sucessos mais conhecidos da Motown da era Detroit, morreu na segunda-feira, 20, de manhã em casa em Gore Springs, Mississipi. Ele tinha 82 anos. Sua filha Terez Willis disse que ele estava sofrendo complicações de poliomielite, que ele tinha desde a infância.

Clássicos em compilação dos 50 anos da Motown 

Com a morte de Eddie “Chank” Willis, apenas o guitarrista Joe Messina e o percussionista Jack Ashford continuam integrantes da linha principal dos Funk Brothers, a reverenciada banda que trabalhava em estúdio e realizou o apoio à maioria das gravações da Motown de 1959 até a empresa se mudar para Los Angeles em 1972. O legado do grupo foi trazido à tona com o documentário premiado de 2002 Standing in the Shadows of Motown

Willis começou com a Motown em 1959 e permaneceu com a gravadora ao mudar suas operações para Los Angeles no início dos anos 70. Willis logo retornou a Detroit, trabalhando como guitarrista de turnê com Eddie Kendricks e gastando cerca de duas décadas com o Four Tops.

Ele voltou para o Mississippi há cerca de 25 anos, disse Terez Willis. Apesar da falta de maior reconhecimento dos Funk Brothers, "ele sabia que era amado", disse sua filha. "Ele sabia que muitas pessoas na indústria o amavam. Foi disso que ele falou quando o vi há duas semanas."

Musical leva som da Motown aos palcos de Londres 

Eddie Willis disse à PopMatters em 2008 que ficou chocado ao saber que os recordes de sucesso da Motown ainda eram tocados ao redor do mundo. 

 "É uma coisa maravilhosa e uma sensação maravilhosa", disse ele. "Você ouve essa música em todos os lugares, e você tem uma tendência a dizer: 'Uau, eu toquei nisso! Essa era eu!'"

Eddie Willis deixa sua esposa, Rosemary Willis; os filhos Michael Willis, Terez Willis, Kristy Young, Julie Brock e Rroice Willis, e vários netos.

 

Tudo o que sabemos sobre:
funkEddie Willismúsica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.