Morre aos 74 o maestro Mário Tavares

Morreu nesta quarta-feira no Rio de Janeiro o compositor e maestro Mário Tavares, de câncer, aos 74 anos. Mário Tavares era membro da Academia Brasileira de Música e maestro titular da Orquestra Sinfônica do Teatro Municipal do Rio desde 1960. Na ABM, ele ocupava a cadeira número 30, cujo patrono é o compositor Alberto Nepomuceno. Tavares era considerado o melhor intérprete da obra orquestral de Heitor Villa-Lobos. Ele teve uma carreira internacional bem-sucedida: apresentou-se na Alemanha, Estados Unidos, Portugal, Porto Rico, Chile, Colômbia, Peru, Romênia e Bulgária. Trabalhou também com produção musical para a televisão, tendo atuado nas redes Globo e Manchete.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.