Reprodução Instagram do @chilipeppers
Reprodução Instagram do @chilipeppers

Morre aos 64 anos Jack Sherman, primeiro guitarrista do Red Hot Chili Peppers

Sherman substituiu o guitarrista Hillel Slovak no primeiro álbum do grupo, The Red Hot Chili Peppers, e colaborou no segundo, Freaky Styley em 1985

Redação, AFP

24 de agosto de 2020 | 07h58

Jack Sherman, um guitarrista do rock que tocou no primeiro álbum da banda Red Hot Chili Peppers e co-escreveu várias das primeiras canções do grupo a ganhar o Grammy, morreu aos 64 anos, anunciou o grupo neste sábado, 22.

O grupo não mencionou a causa da morte.

"Nós, da família RHCP, gostaríamos de desejar a Jack Sherman uma passagem tranquila para os mundos do além, pois ele veio a falecer," disse a conta do Chili Peppers no Twitter. 

"Jack tocou no nosso álbum de estreia e na nossa primeira turnê dos EUA."

A banda prestou mais homenagem em um segundo tuíte, dizendo: "Ele era um cara único e nós o agradecemos por todos os momentos bons, ruins e intermediários."

Em 1984, Sherman substituiu o guitarrista Hillel Slovak no primeiro álbum do grupo, The Red Hot Chili Peppers, e colaborou no segundo, Freaky Styley em 1985, de acordo o site Deadline.

Slovak retornou para o grupo mais tarde, substituindo Sherman. 

Os Chili Peppers venderam mais de 80 milhões álbuns.

Em 2012, quando o grupo liderado por Anthony Kiedis foi colocado na renomada Rock & Roll Hall of Fame, Sherman foi excluído, apesar de seu envolvimento inicial com o grupo.

A decisão, ele disse, foi "muito dolorosa". E acrescentou: "Estou sendo desonrado e isso é horrível".

Sherman passou a tocar em álbuns de Bob Dylan e da estrela do funk George Clinton, de acordo com o site Guitarworld.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.