Morre a irmã do advogado de Michael Jackson

A morte da irmã do principal advogado de defesa de Michael Jackson adiou por uma semana o julgamento do cantor pop norte-americano acusado de abusar sexualmente de um menor. O juiz Rodney S. Melville marcou para o dia 14 a retomada do processo de escolha dos jurados que farão parte do julgamento, que deveria ter sido retomado na segunda-feira, mas foi adiado devido a uma grave doença da irmã do advogado Thomas Mesereau Jr. Outro dos advogados de defesa de Jackson, Brian Oxman, disse que a irmã de Mesereau morreu, mas que não poderia entrar em detalhes devido à ordem de manter segredo de justiça que envolve os advogados nesse caso. "Ela era uma mulher linda e maravilhosa e nós vamos sentir muito a sua falta", disse Oxman.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.