Morre a cantora Marisa Gata Mansa

A cantora Marisa Gata Mansa morreu ontem à noite no Hospital Miguel Couto, no Rio de Janeiro e será enterrada às 15 horas no cemitério São João Batista, em Botafogo, zona Sul. Marisa, de 69 anos, foi internada na madrugada de terça-feira após um acidente vascular-cerebral (AVC).A cantora iniciou carreira na década de 1950, atuando como intérprete de jazz no Golden Room do Hotel Copacabana Palace. Logo passou a participar de shows e gravações ao lado de astros da bossa nova, como Tom Jobim, João Gilberto e Vinícius de Moraes. Também ficou conhecida por ter interpretado músicas compostas por Antônio Maria."Nasci para cantar", disse Marisa, em um texto intitulado Auto-Retrato, inserido em seu site na Internet. Segundo ela, na casa da sua infância "a música escorria pelos poros de todo mundo" - a começar pelos de seu avô, "um napolitano nostálgico que extravasava nas canções a melancolia de quem deixou parte da alma em um lugar distante".

Agencia Estado,

10 de janeiro de 2003 | 09h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.