Mônica Salmaso e cia. cantam Adoniran

Os Demônios da Garoa da vez são cinco. Não falam com sotaques italianados, estudaram música na escola, a voz principal é de uma mulher e estão juntos há pouco tempo. Mônica Salmaso (voz), Paulo Bellinati (violão), Benjamin Taubkin (piano), Lui Coimbra (contrabaixo) e Guello (percussão) assumem o papel temporário dos intérpretes maiores de Adoniran Barbosa, e dissecam sua obra em duas apresentações, hoje e amanhã, no Sesc Ipiranga.Integrados ao projeto Ponto in Comum, os shows intitulados Adoniran Barbosa - Um Olhar Além do Personagem terão como mestre-de-cerimônia a cantora Mônica Salmaso. Na lista das 15 canções que tiveram arranjos novos estão Saudosa Maloca, Despejo na Favela, Apaga o Fogo, Mané, Abrigo de Vagabundos, No Morro da Casa Verde, Iracema e Trem das Onze.A formação dos músicos que tocam na Orquestra Popular de Câmara e, principalmente, a presença de Taubkin levam a crer que não se ouvirá sambas em estado puro. A música de Adoniran nas mãos dos "novos Demônios" tem sua linearidade desconstruída para ganhar harmonia e interpretação mais lírica.Adoniran Barbosa - Um Olhar Além do Personagem. Hoje e amanhã, às 21h. Sesc Ipiranga (Rua Bom Pastor, 822, tel. 3340-2000). Ingresso: R$ 16.

Agencia Estado,

09 de agosto de 2002 | 11h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.