Jeff Haynes/ Reuters
Jeff Haynes/ Reuters

Monica Lewinsky pede que Beyoncé altere música com menção a caso com Clinton

Em 'Partition', de 2013, cantora discute a infidelidade e faz referência ao episódio entre a ex-estagiária e o então presidente dos EUA

EFE, Redação

04 de agosto de 2022 | 10h52

Depois de Beyoncé concordar em mudar letras do último álbum, Renaissance, Monica Lewinsky sugeriu que a artista retire uma menção a ela na música Partitio", lançada em 2013.

Beyoncé confirmou na segunda-feira, 1, que regravará a canção Heated para remover um termo considerado ofensivo para as pessoas com deficiência. Aproveitando o assunto, a ex-estagiária da Casa Branca escreveu a mensagem: "Já que estamos nisso... Partition".

Em Partition, Beyoncé discute a infidelidade e faz referência ao "caso" entre Lewinsky e Bill Clinton, presidente dos Estados Unidos entre 1993 e 2001.

"Tirou todos os meus botões e rasgou a minha blusa. Fez Monica Lewinsky com todo o meu vestido", diz a faixa.

Lewinsky, que em resposta a um internauta admitiu que não se dirigiu formalmente a Beyoncé, já falou sobre essa menção em artigo de 2014 publicado pela revista Vanity Fair no qual afirmou que "todos os dias alguém a menciona em um tweet ou num blog, e não de uma forma agradável".

"Obrigada, Beyoncé, mas se estamos falando de verbos, penso que deveria mencionar Bill Clinton", acrescentou. Nessa nota, Lewinsky protagonizou um TED Talk em 2015 intitulado "o preço da vergonha", no qual se apresentou como uma ativista antibullying que prefere receber comentários sobre si mesma com humor.

Beyoncé já fez duas alterações ao álbum lançado recentemente. Primeiro, removeu a palavra "spaz" da faixa Heated. Enquanto no inglês comum "spaz" se refere a pessoas com alguma forma de paralisia motora, na gíria falada pela comunidade negra, a palavra também significa "perder o controle", "tremer" ou "enlouquecer".

 

Depois, a artista alterou a faixa Energy em plataformas de streaming nesta quarta-feira, 3, para retirar uma sample do clássico do hip-hop Milkshake, após a cantora Kelis ter dito que ninguém a pediu autorização para o uso do trecho, embora os compositores da canção tenham sido creditados.

 

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.